diego dacal

Anacronismo das pesquisas

Quem trabalha com publicidade provavelmente está acostumado com pesquisas de mercado, e quase sempre nessas pesquisas existe uma parte destinada a conhecer a classe socio-economica do entrevistado através do critério de classificação econômica Brasil (baixe o PDF do CCEB).

Mas como todos sabemos e vivemos, estamos passando por profundas transformações sócio-economico-sociais atualmente devido a internet (ok, a internet é fruto das mudanças, mas as mudanças são fruto da internet. É aquele caso da cobra comendo o próprio rabo que explicam em química no ensino médio para falar da descoberta do benzeno). E algumas disciplinas ainda não conseguiram acompanhar essas mudanças. É o caso do CCEB.

Nas pesquisas são perguntadas diversas coisas sobre ter televisores, rádio, videocassete/DVD, dentre outras coisas, mas vou me ater a questão da comunicação. Não é incomum conhecer jovens que não tenham televisão, rádio ou DVD, mas nem por isso eles deixam de ver programas de TV, escutar iPod e/ou usar seu celular como player e ver filmes baixados das interwebs. Eu me pergunto qual deveria ser a reformulação nesse critério para atender as demandas contemporâneas. Não seria o caso atribuir uma alta pontuação a posse de um computador, já que algumas pessoas possuem computador mas não o usam como televisão, rádio ou dvd player. Certo que as pesquisas trabalham com análises estatísticas e com um comportamento médio do target analisado, mas minha questão é se esse público mudou ou não.

Se problematizarmos um pouco mais a coisa fica ainda mais complexa. Por exemplo, não podemos pressupor que por uma pessoa ter uma televisão na sala ela veja televisão. O que é ver televisão para a geração Y? Muitas vezes esse aparelho serve como suporte para filmes ou video-game ou até mesmo uma grande tela para o computador. Ou mesmo não serve para nada, eu mesmo tenho uma televisão na minha sala, que nunca a uso, mas não vejo uma sala sem uma televisão.

17/05/2011

Comentários

Seja o primeiro a comentar neste post!

Deixe um comentário